Ely Poeta: APOLOGIA À PAZ O que fazer numa cidade,...

APOLOGIA À PAZ

O que fazer numa cidade,
Em que a maioria das autoridades,
Vivem burlando as Leis,
Numa cumplicidade?

Nossos direitos são violados,
Não dá mais pra ficar calado,
Vendo toda esta corrupção,
Destruindo a nossa população.

O mundo está cheio de violência,
De tanta gente sem consciência,
Perdendo a calma e a paciência,
Não assumindo tais conseqüências.

Por causa da sua ambição,
O homem faz Guerras e destruição,
Não se importando com a Nação,
Que vive a beira da inanição.

Muitos dizem, que a culpa é da Globalização,
Que eleva os preços da inflação,
Mas o que vemos na realidade,
É uma incógnita da verdade.

Não sabemos se um dia criarão,
Um meio de conter a evolução,
Desta voraz especulação,
Que assola toda povoação.

Apesar de toda burguesia,
Explorar o povo em nome da democracia,
O homem encontra na poesia,
Uma maneira de aplicar sua ideologia.

Não temendo a gravidade,
Daquilo que expressa sua capacidade,
Espera sem medo e sem ilusão,
Fazer das palavras seu galardão.

Fazendo desta atividade,
Um meio de combater a perversidade,
Neutraliza a Guerra e a crueldade,
Com apenas um gesto de amizade.

O sonho de Paz,
Já não é tão fugaz,
Pois da luta implícita,
Faz dela sua maior conquista.

Direitos autorais reservados: Eliud Oliveira (Ely Poeta)

Inserida por ElyPoeta