Luiz Gonzaga: Amor da minha vida, tão longe estais de...

Amor da minha vida, tão longe estais de mim
Meus olhos te procuram, vocês me torturam
Sofro tanto assim
Meus dias são tão tristes
As noites muito mais
E desde que´partistes
A amargura existe roubando minha paz

Ó luz dos olhos meus, metade do meu ser
Que amarga diferença sem tua presença nesse meu viver
Amor da minha vida, estou na solidão
Trocastes por saudade a felicidade do meu coração

Amor da minha vida, tão longe estais de mim
Meus olhos te procuram, vocês me torturam
Sofro tanto assim
Meus dias são tão tristes
As noites muito mais
E desde que partistes
A amargura existe roubando minha paz

Ó luz dos olhos meus, metade do meu ser
Que amarga diferença sem tua presença nesse meu viver
Amor da minha vida, estou na solidão
Trocastes por saudade a felicidade do meu coração

Amor da minha vida, tão longe estais de mim.

Inserida por etinhazabele