Alessandra Espínola: desembaraçamentos: ...minha cabeça...

desembaraçamentos:

...minha cabeça sempre foi uma carapinha de perguntas, fios de fibras grossas espiralmente arrepiados, despetalação de caminhos, arranco um bololô de hipóteses nas mãos. Vão pelo ralo, voam no vento, no vão dos tacos, se entremeiam nas roupas, nos lençóis, nas fronhas, no tapete, entre os dedos...
Não perdi a mania.

Inserida por rosabergcine