Diony Peroli: (Rosas vermelhas) Estrada de espinho...

(Rosas vermelhas)

Estrada de espinho

Sacrificando-me perante o acanhamento
De estar ao seu lado
Naquele oportuno momento
O coração bate acelerado
Num simples gesto de amor
Entregar-te uma rosa vermelha
Você sem nenhum rancor, não aceitar
Ficando apenas com o bilhete na mão
Dei meia volta segurando a comoção
Pela estrada de espinho
Cada passo que dava uma pétala caia
No final do caminho
Deixei a rosa com um bilhete
E no horizonte minha imagem sumia

Caminho das pétalas

Abri o bilhete em arrependimento
Que estava escrito:
“Cada pétala dessa rosa significa meu amor
Que por você desabrochou...”
Uma lagrima caiu dos olhos
Marejados de paixão
Segui o caminho das pétalas
Encontradas pelo chão
Lembrando-me que sempre falava
Que o meu caminho seria
De rosas vermelhas, por sinal ele fazia
Deparei-me com uma rosa murcha e um bilhete do lado
Que estava escrito:
“Cada pétala dessa rosa significa a minha dor
Com desprezo que você causou”

Inserida por dionyperoli