Beto mazz: Tão iguais que transcendem qualquer ato...

Tão iguais que transcendem qualquer ato de racionalidade e compreensão do universo que os cerca. Essa mesma força que faz tudo ser infinitamente atraído, ocupa o todo numa divisão e mistura constante. Doando-nos, refazendo-nos num ciclo finito, até que tudo recomece, e recomece, e recomece.... Predestinados a vagar sem alma, à busca eterna do outro.

Inserida por betomazz1