Cesar Penna: Quando se ama Quando se ama, nós...

Quando se ama
Quando se ama, nós queremos ser crianças
Fazemos coisas que não acreditamos
Brincamos, pulamos, sorrimos, dançamos
Quando se ama, ficamos com a vida cheia de esperanças
E quando não a o que se esperar
Nos machucamos, choramos
Amar talvez seja isso, ficar feliz com pouco
E esperar o que não vem.

Inserida por cesarpenna