Gabriela Vaz: Posso até sangrar que já não dói...

Posso até sangrar que já não dói mais
Me acostumei
Já parei de chorar quando alguém fala de voce...
Todo dia sua ausência me persegue onde quer que eu vá
Não sou ninguém
Sempre tenho que fingir que posso sorrir mesmo sem te
ver
Eu nunca te enganei,não menti,pra depois descobrir,que
acabou
Que desprezou meu amor
Vai chover,vou chorar,me esconder,te odiar, só eu sei...
Eu sei te perdi,não dormi,me acabei,nunca mais volto
atrás,foi demais
Não mereci Teu amor,sabe Deus, onde foi que eu errei,tudo bem
Mas essa noite eu sonhei
Com teus olhos,Nos meus olhos
Ouvi o som da tua voz
Dizendo que se arrependeu
To morrendo sim
De saudade
Me diz que a dor chegou ao fim
E você vai voltar pra mim

Inserida por privala