J. G. de Araújo Jorge: Agora já frio o coração (mas a alma,...

Agora
já frio o coração
(mas a alma, entretanto,ainda ferida)
resta-me a amarga e silenciosa convicção,
de só tão tarde ter percebido
que nem sequer existi em tua vida.

Inserida por etinhazabele