Edson Fernando: Desabafo Antes de tudo, penso marxista....

Desabafo

Antes de tudo, penso marxista.
Penso em tudo, querendo pensar em nada.
Penso nas desigualdades
Nas pessoas que passam fome
Penso na mais repugnante violação dos direitos humanos, a discriminação.
Coisas dramáticas do mundo capitalista, a miséria, a fome, são situações demasiadas degradantes.
O igual por isonomia explorando o mesmo por natureza.
Igualdade existe?
Ter igualdade é tratar o desigual na medida de sua desigualdade.
Será que não existe ninguém que compreenda os problemas do mundo?
Onde está o principio da solidariedade?
No mundo de hoje chama uma pessoa que lutou por liberdade, igualdade, por justiça de terrorista. Isso é totalmente estúpido, é cinismo.
Apoiarem-se nos outros para subir na vida virou uma forma de sobrevivência.
Isso é certo?
Onde vamos chegar!!??
Tudo isso graças a atual forma de governo que nos rodeia.
Tantas violações contra os direitos humanos.
Pelo que parece, ou é por pura estupidez, ou alienação (se bem que um leva ao outro), os pobres aceitam essa desigualdade social.
Tantas pessoas que não tem chances no mundo,
Por que não uma revolução?
Será que não tem conjuntura?
Ninguém pode impor um modo de pensar em alguém,
Se impor, é por pura alienação de quem aceitou.
Não querem nos deixar pensar, mas pense. Pense e seja capaz de se
Revoltar diante de injustiças cometidas contra qualquer ser humano.
Falta idealismo, ação, raciocínio, pensamento, evidência.
Temos o dever de lutar por um mundo ideal, buscar o que é o certo,
ter o principio da igualdade.
Com isso sim, todos vão exercer o dever de cidadãos e revolucionar o modo de pensar.

Inserida por Horus