Er: Sou feita de tão pouca coisa e meu...

Sou feita de tão pouca coisa e meu equilíbrio é tão frágil,
que eu preciso de um excesso de segurança
para me sentir mais ou menos segura.''

É preciso amar não por um instante, só casualmente,
mas sempre, até o fim.
De amar casualmente somos todos capazes
até os malvados.

Ando com saudade do meu sorriso.


Aquele, que só aparece quando estou com você...

Sorriso bobo, descontrolado.

...

Aberto.

Igual as portas do meu coração...!

Inserida por Renatapaes