Adryforever: Lua Cheia Me lembra você: Uma luz no...

Lua Cheia
Me lembra você:
Uma luz no meio da escuridão
Não que você reflita a luz de outros
(Você tem sua própria chama: Aquela de quem ama)
É algo raro hoje em dia
Alguém em quem confiar
quem respeitar
quem amar

Uma ilha no meio do oceano
Uma luz em meio às trevas
Te amar é o mais perfeito plano
Sob o luar, nas doces relvas...

Lua minguante
Me lembra você também
Faz-me lembrar seus momentos de tristeza
Horas de ódio contra a natureza
Você cabisbaixo, como dizia o cantou:
"A minha gente sofrida
Anda olhando de lado"
O mundo parece prestes a acabar A vida parece quase terminar

Lua Nova
Esta não me lembra você
pois sei que por maior que a tristeza seja
Jamais terá forças para te apagar
Pode devorar um pedaço de ti
Mas sempre haverá uma centelha
Pronta para iluminar a mim Centelha smente
Semente que nasce de repente

Lua crescente
Me recorda que a semente
Sempre germina, cedo ou tarde
Mesmo sem alarde
Apenas espera que a chuva lhe molhe
Que o Sol lhe de forças
Me lembra que a centelha
Se transforma em fogueira
renasce como Fênix das cinzas
Supera dificuldades mil


Lua cheia novamente

A vida anda em círculos
Um dia no alto, um dia no fundo
(Mas o amor continua profundo)
É assim que as coisas são no mundo
A lua a me iluminar
Tua face a contemplar
Teu corpo a acariciar
Você inteiro a amar...

Luar...
Companheiro dos poetas
Amigo dos apaixonados
Doce lua...
Me lembra você, como já disse o poeta:
"Eu vivo sonhando em ser astronauta
Eu olho a lua, eu sinto a tua falta"
Ver o luar, tocá-lo ao meu lado
Sonhar com o luar, amá-lo, amá-lo ao meu lado


Simplismente te amar...


Pra se dizer o que se quer dizer
Não é preciso rimas nem refrões
É preciso certeza no que se fazer
É confiar nas próprias emoções...

A D R I

Inserida por adryforever