Evelyn: como se milhões de sentimentos...

como se milhões de sentimentos desorganizados explodissem de uma vez só em minha mente, rasgandando minha lama lentamente a cada segundo.
Sinto não suportar essa minha ignorancia, esse modo de pensar que tanto me machuca.
Sei onde e o que está errado, mas não tenho como, não sei por onde começo. O que me machuca, é o que penso tantas vezes ao meu dia, onde esta aquele amor própio?
Em falar em amor, cadê aquele amor que tanto fantasiei e hoje me deixou mais vázia, mais insegura. Como vou fazer pra tentar retorna aquela vida pacata? Se o que toma meu pensamento é a ganancia, a vontade tomar o mundo, e roubar tudo pra mim. Cadê você, e aquela pessoa que eu achei que você fosse? Ainda que tudo estivesse tudo bem, ainda sim eu choraria, me lamentaria por ter que viver onde não quero, onde não devo, onde o pouco se torna muito, e muito me machuca.
Quero experimentar por uma vez a liberdade de poder voar, voar longe e ver tudo, conhecer a todos. Se fosse fácil, eu o faria, mas já aprendi que a a liberdade está ao meu lado, e se não consigo encontrá-la é por que eu me encontro do lado errado.

Inserida por evysiqueira