Denyse matheus: Guardado estás como cristal raro...

Guardado estás
como cristal raro
duplamente lapidado.
Efeitos de luz
equivocam-se
ao transpassar
os teus dois lados.
Cuidado estás
nesta cúpula
enclausurado.
Para que a mão
de algum desavisado
não te faça em pó
antes do dia
determinado.
Assim te cuido,
assim te guardo.
Até que o sol, a lua
ou mesmo o tempo
venha tornar-te
novamente
a mesma areia
derramada na
ampulheta
inutilmente.

Inserida por denysematheus