David Ávila: Tive um sonho denso, por instantes...

Tive um sonho denso, por instantes pensei que não fosse ter fim.
Enfim acordei, assim que abri os olhos, me pareceu como um dia habitual, levantei-me, tomei café e conversava com meus primos sobre algo corriqueiro.
As horas foram se passando, e a noite vinha caindo, quando lembrei-me de olhar a Internet e diga-se de passagem o meu destino seria traçado naquele momento. Fiz as ações normais, entrei no orkut, e percebi que não havia muita coisa de interessante...Os minutos se passaram, até que em uma das minhas passeadas pude entender o porque de uma vontade repentina em não sair da cadeira de onde estava, da posição a qual eu me encontrava, da forma incessante com que minhas pálpebras se movimentavam. Ela, somente ela, poderia fazer isso comigo, o meu coração batia célere, algo brutal e ao mesmo tempo suave, havia um processo de misturas de sentimentos, algo extremadamente homogenio. Eis que surge umas perguntas no ar, como explicar tudo isso? Nem Albert Einstein com toda sua majestade poderia explicar o que seria aquilo, e o Físico neerlandês?chamado Wan Der Walls, conseguiria explicar através das forças intermoleculares resultantes da polarização das moléculas, tudo o que foi criado naquele momento?
A minha resposta, seria sem sombra de dúvidas que nenhum deles conseguiria; e que existe um ser maravilhoso, totalmente explendido, chamado Deus, que com certeza foi o autor de toda essa magnitude.
Tudo isso passou pela minha cabeça, de forma contínua, seqüencial...A minha perplexidade foi intensa com o que eu avistava, a empolgação tomou conta de mim, e quis logo escrever tudo o que se passava comigo, foi então que eu pensei, como será a reação dela? Eu não poderia assustá-la com meus sentimentos, posto que ele teria por função aproximarmo-nos. Por fim, não escrevi nada, mas a imagem dela, foi de forma suave fixada em meus pensamentos, e fui aos poucos desenvolvendo a mensagem que eu mandaria a ela.
Assim o fiz, e com extremo receio, esperei, esperei, esperei...Ao meu ver ela ficou um tanto desconfiada, e o mais interessante disso tudo, é que ela não morava nem um pouco perto de mim, mas, por incrível que pareça, esse suposto “obstáculo” fez apenas com que eu ficasse mais apaixonado e mais interessado. Tudo ficou mais simples para nós, ríamos via MSN, por orkut, telefone, as coisas foram acontecendo gradualmente...(sensação explendida)
Passaram-se alguns meses, e ela veio ao Rio, onde possui familiares. Seu nome? Ahhh, Thays Alvarenga...(mora em Fortaleza).Dia 23 de dezembro de 2007, o dia mais esperado e o mais difícil, o dia que a pedi em namoro, como foi incrível aquele momento, eu só pensava em ouvir o seu “sim”, e ele veio de encontro a mim, Deus é maravilhoso...!!

Meu amor, hoje completamos Um ano e Sete meses de amor, de compreensão, de felicidade, não existem vocábulos para expressar o quanto é importante para mim, você estará sempre em meu coração, não importando a distancia...
Você é tudo o que eu sonhei um dia...Do seu querido, David Ávila!

Inserida por Datha