Thaissa Magalhães: Disse por instantes, por sensibilidade,...

Disse por instantes, por sensibilidade, que moço é esse que faz dos sonhos belas canções?
Que homem é esse que com criança nos olhos, faz uma mulher sem lhe conhecer admirar-lhe?

Por razões ainda desconhecida, te guardo em meu pensamento, não queria que fosse assim, um obrigado, mas jogado ao vento.
Ei moço não é essa razão que me faz escrever para ti, mas sim o meu afeto, admiração?
Um quem sabe seu abriria o mar dos contentamentos. Mas tenho medo de ilusões geradas por mal entendidos, eles geralmente machucam.
Mas estarei aqui te lendo, te escutando, te gostando.
Sem sentido nem graça, mas aqui, não pra sempre, nem como queres, com oscilações e fases.

Já te disseram que se te tornaste único pra uma, seria também pra varias? Seu sentimento planta afeto por onde passa cativa e faz-se almejar mais musicam tristes ou não, mas todas reais vindas do coração.

Inserida por thaissamagalhaes