Ernesto Martins Faria: - É verdade! - O que? - ela me...

- É verdade!
- O que? - ela me perguntou sorrindo.
Nossa, como o sorriso dela era lindo! E eu disse:
- Quer dizer, talvez mentira. - disse, meio que fechando os olhos, fazendo um charminho para ela.
E ela perguntou:
- Do que você está falando?
E eu disse:
- Se a Patrícia em algum momento chegou para você e disse que eu gostava de você... - parei e respirei fundo. - É mentira, eu não só gosto de você, eu sou louco por você!
E eu estava gaguejando para boné! E eu continuei:
- Você é linda demais!
E ela disse:
- Por que demorou tanto?
Ela abriu um imenso sorriso! Era um sonho! Era como se eu quisesse cantar a música do U2: “Beautiful Day...” E eu lembro como se fosse ontem, eu fiz o movimento para a beijar e ela me disse:
- Você pensa que é assim é? Por que eu deveria te beijar?
Eu quase cantei para ela a música da Marisa Monte: “Beija eu, beija eu me beija”... Estou brincando! Acho que ficaria mais meigo se tocasse Kiss Me (música da banda Sixpence None The Richer). Mas eu respondi:
- Por que? Por que ninguém sente por você o que eu sinto!
E ela respondeu:
- O que você sente por mim?
- Eu sinto que um sorriso pode mover montanhas, eu sinto que vale a pena gaguejar se for para olhar o seu rosto... Eu sinto carinho pela sua doçura, eu sinto arrepios com a sua proximidade, eu...
Até que ela me beijou!



Trecho do capítulo 4 do rascunho do livro Garotos Também Amam(http://www.4shared.com/file/118982513/7748a38/Garotos_Tambm_Amam_preview__at_o_cap_8_.html). Max narrando para Carlos o diálogo que teve com Flávia antes do primeiro beijo deles.

Adicionado em 21/07/2009 por Ernesto Martins Faria (ernestomf@ibmecsp.edu.br)

Inserida por ernestofaria