Jota Cê - Néctar da Flor: Às vezes vou lá na varanda, depois que...

Às vezes vou lá na varanda, depois que saio daqui, e fico vendo a rua, sentindo o vento na cara, ouvindo os carros passando e pensando: é mundo, você ainda existe...? Daí a saudade que eu sinto de você vem, começo a pensar no nosso dia, percebo que o que estou vivendo, nesse mundo que construimos, é a melhor coisa que está me acontecendo... te viver, sabe? Tudo muito intenso, tudo muito na carne, tudo muito no coração, tudo muito na mente, tudo muito nas lembranças. Meu coração acelera só de escrever essas palavras, porque eu te sinto em cada uma que eu escrevo e o que me resta nessas horas, em que penso em tudo isso, é ficar naquela ansiedade de que a noite passe logo pra que possamos viver esse amor todo de novo... mais uma vez... novamente.

Nem lembro que a terra está girando... que os dias se transformam em noites... me confundo nos dias... e por aí vai...

Jota Cê

-

Inserida por Nectardaflor