Desconhecido: Minha Querida, Diz que me Amas...Há...

Minha Querida,

Diz que me Amas...Há quanto tempo não o dizes? Já alguma vez o disseste? E nessas parcas vezes em que o disseste timidamente, sentiste aquilo que dizias? Diz que me Amas...Mas não te limites a emitir palavras vazias, desprovidas de Amor. Diz que me Amas com a tua Alma. Com os teus olhos, com as tuas mãos, com a tua boca.

Se tu ao menos soubesses como eu preciso de ti. Como eu preciso desse Amor que eu sei que vive dentro de ti, nesse pequeno coraçãozinho. Preciso do teu pulsar como se do meu se tratasse. Preciso dos poemas de Amor que nascem nos teus olhos e morrem na folha de papel onde as minhas mãos os tentarão escrever. Preciso do conforto dos teus abraços. Preciso...Juro que preciso...

Não imaginas o quanto eu tento viver sem tudo isso. Seguir em frente sem qualquer recordação, sem passado, sem olhar para trás. O que não entendes é que o meu corpo foi contaminado, a minha Alma possuída e que Eu, seja lá o que isso for, carrego bem dentro de todo o meu sentir essa necessidade que tenho de ti. Já sou alheio à minha própria vontade. Levo-te comigo sem que comigo estejas. Daí o vazio...

Por isso imploro-te, mais uma vez, diz que me Amas...Uma só vez. Pode ser ao de longe. Mas que o digas com toda a tua Alma. De maneira que o grito surdo que só eu sentirei possa destruir por completo esta vã existência de caminhar sem ti.

Sossega a minha Alma e o meu coração, ainda que a minha vida continue perdido. Diz que me Amas...

Inserida por GENISSEANNE