Alexandra Guiso: As amigas Aquele instante triste, que se...

As amigas

Aquele instante triste, que se recolhe, pensa, chora, onde os pensamentos te levam, a certas pessoas, essas onde neste momento, deseja apenas o abraço, para poder chorar até a última lágrima, apertar forte e sentir o calor dessas pessoas.
A alegria, tantos risos, juntos ou separados, as histórias mais loucas, que se tornaram inesquecíveis, simplesmente por serem vividas com estas pessoas, os dias em que ligou para dizer: Oi, tudo bem?, aquele eu te amo escrito, aquelas noites de badalação, onde o esquenta foi mais gostoso e divertido.
Uma ligação de preocupação perante a seus problemas, aquela ponta da faca que fica cutucando pela mágoa dessas pessoas, a vontade de arrancar todo sua tristeza, aquele conte comigo, estarei sempre aqui, aquela ferida profunda, que doi por saber que essas pessoas não estão bem.
O feliz aniversário, a presença dessas pessoas ao seu lado neste dia, onde nenhum presente por mais valioso que seja, consiga competir com tamanha honra.
As emoções deixadas por sentimentos jamais explicados, por cada choro, cada gargalhada, cada momento, por mais pequeno e simples, é tão grandioso e único, deixando marcas e lembranças para sempre, essas que iram contar com dor na barriga de tantos risos, essas noites que viraram dias fazendo histórias, essas afinidades reconhecidas na hora, formando o maior chamado Divino:

- AMIZADE!

Ter amigos é paz em vida, e não tê-los, é mesmo que não viver

Amigos é este amor que senti ao pensar em cada um deles, a saudade imensa, aquele consolo mais curável, amigos são suas emoções e pensamentos quando está alegre ou triste, é a família, que protege, se torna alicerce, se aconchega, corre por socorro, não vive sem a presença...

Amigo é o agradecimento de todas as manhãs!

Inserida por artedaspalavras