Er: Amor é bibelô de louça. Ciúme é a...

Amor é bibelô de louça.
Ciúme é a consciência dolorosa de que
o objeto amado não é posse: ele pode voar a qualquer momento.
Por isso, o amor é doloroso, está cheio de incertezas.
Discreto tocar de dedos, suave encontro de olhares:
coisa deliciosa, sem dúvida. E é por isso mesmo,
por ser tão discreto, por ser tão suave, que o amor
se recusa a segurar.
Amar é ter um pássaro pousado no dedo...

Inserida por Renatapaes