Julioaukay: Dê-me seu coração e venha para que eu...

Dê-me seu coração e venha para que eu te conte como você invadiu o meu expressivo coração com intensidade de um sentimento singelo, mais verdadeiro.
O silêncio se mostra em um mistério inexpressivo que sufoca em um interstício.
No intervalo do meu espaço quero gritar para dispersar todo o medo que me atormenta trazendo-me o receio de arriscar tudo em um amor sincero.

Inserida por JULIOAUKAY