Jamile Lago: Quero agora ser tudo , mas sem deixar de...

Quero agora ser tudo , mas sem deixar de ser nada

Tenho preocurado no escuro da manhã o brilho escondido da noite

a canção do silencio afaga meu corpo na grama molhada da esperança

ouço nesse momento os suspiros do anjos, eles estão a me carregar para alem da realidade...estou em outra dimensão...

Estou a flutuar, as nuvens paressem camas balsâmicas onde repouso meu corpo, cansado de sentir os desprazeres da vida lá de baixo(de baixo?)...
Sim está lá, estou vendo todos agora, todos a murmurar, a chorar, a cantar...

Vejam!

Todos estão em extase.

É O transe da profundidade de quem o alcança.

O final! É lá que a vida está
Bem lá no fundo...

Estão vendo??

Eu vejo.

Só eu vejo?

Não veem?

Olhem, mas tirem esses óculos dos rostos, essas lentes escuras jamais deixarão que vejam, é impossivel, vocês têm que querer ver primiramente,
esfreguem seus olhos,
...ainda não conseguem ver tudo isso?

Ah,... Já sei! Faltam lhes puresa. Ou se têm, então lhes faltam humanidade, sabem o que é humanidade?
Tens que ser humano para saber.
Proucurem alguem que seja, será difícil encontrar...ha muito tempo proucuro tambem.
Só vejo mortes, mentiras, poluições, falsidades...
Tudo isso não podem ser obra dos humanos...humanidade, ou humanidades?!
Será que são?
Não...não podem ser!

Derrepente despenco das nuvens...atirei me n'um poço
É lá que está escondido o tesouro do mundo
Lá no fundo, poucos o viram...poucos...
olhem veem?
Aquilo escondido, quase sem cor, sem vida sem nada...
É o amor! Ou a ideia do amor...

Jamile lago

Inserida por jammyllhi