Tatiane Moresi: Embora nem sempre seja possível...

Embora nem sempre seja possível recomeçar.
Embora o céu seja cinza e a tristeza persista a passar.
Embora não haja vontade de levantar da cama.
Embora suas mãos se recusem a escrever.
Embora a dor seja tamanha e tanta.
Embora não exista querer, tão pouco esperança.
Embora o dia continue sempre sendo noite.
Embora nunca receba a resposta que espera.
Embora as sementes nunca se tornem flores.
Embora a solidão continue a ser companhia.
Embora o silêncio seja quase ensurdecedor.
Embora a saudades continue sempre a existir.
Embora não tenha amor, nem paixão, somente o nada.
Embora haja descrença e quase nenhuma prece.
Embora as lágrimas continuem e cair como a chuva.
Embora a dança comece apenas na última música.
Embora o tempo não passe de uma convenção de relógios.
Embora metade dos seus sonhos não tenham se tornado reais.
Embora todos os seus amigos tenham ido embora....
Embora pareça ser tarde demais para começar.
Embora ainda julgue ser cedo para partir...
Embora as estrelas não brilhem essa noite.
Embora os livros estejam na cabeceira da cama.
Embora a cama não tenha sido arrumada.
Embora já seja hora de dormir...
Embora tudo pareça ser demasiadamente difícil
Embora a bondade tenha se tornado raridade.
Embora haja tanta falsidade e desamor.
Embora falte força para se manter em pé.
Embora o chão seja o mais próximo do coração.
Embora o absurdo ser regra na sociedade.
Embora a fome e a miséria tenham virado espetáculo.
Embora a violência mate mais do que a guerra.
Embora tudo tenha chegado ao fim...
Embora não se saiba, mesmo assim, é preciso continuar,
Embora...

Inserida por Moresi