AUTOR Luiz Santos: “BRUTOS” AUTOR: Luiz Santos Passamos...

“BRUTOS”
AUTOR: Luiz Santos

Passamos a felicidade aos outros
Quando encontramos a paz interior.
Nela reside o espírito,
Branda morada do amor.
E onde plantar o amor
Seja qual for o lugar,
Não há de como evitar
Sempre nascerá uma flor.
A colhê-las, desperta então o carinho.
Que como o ninho, guarda o passarinho.
A tocá-las o cuidado das mãos.
Que todo rude, que não se mude,
Não pode fazê-los então.

Dizem que os brutos também amam.
Mas, isto é fato que não procede,
O amor é dádiva sagrada divina.
Ao tosco? Não se descreve.
Amar é mais dar, que receber.
Quanto mais partilhar,
Mais felicidade se tem.

Ah! E então esses brutos?
Esses brutos?
Esses: Não dão nada a ninguém,
A eles, só os interesses convém.

Inserida por saturnonet