Marques Bueno: “Não te deixarei” Mesmo que as...

“Não te deixarei”



Mesmo que as tempestades assolem meus caminhos, não te deixarei.


Mesmo que os dizeres de maldade prevaleçam, não te deixarei.


Mesmo que os presentes sejam flores mortas, não te deixarei.


Mesmo que as dores batam à porta, não te deixarei.


Mesmo que os erros sejam sempre calhordas, não te deixarei.


Mesmo que os dias derramem todo mel, não te deixarei.


Mesmo que as risadas fossem numa nota, não te deixarei.


Mesmo que os pedidos se tornem dolentes, não te deixarei.


Mesmo que os medos se tornem freqüentes, não te deixarei.


Mesmo que as magoas explorem a gente, não te deixarei.

Inserida por MARQUESBUENO