Tatiane Moresi: Eu desejo que meus olhos não percam a...

Eu desejo que meus olhos não percam a capacidade de se deslumbrar com coisas simples: você já viu uma borboleta em uma manhã de sol indo subindo descendo, como se naquele momento só existisse o azul do céu e as suas asas?
Eu desejo que o tempo não leve embora aquela criança que um dia eu fui, e que mesmo não tendo mais forças para subir em árvore alguma como antes eu possa encontrar paz ao me sentar em um fim de tarde sob a sua sombra.
Eu desejo que os meus pais vivam até o último fio que lhes restar de vida, e que quando eles partirem seja tão tarde, que quase será à minha hora de ir.
Eu desejo encontrar um homem, mesmo sem procurá-lo, que me confirme a minha velha hipótese, que só o amor é capaz de dar um verdadeiro significado a existência.
Eu desejo também ter filhos, e que eu possa os ver correndo no jardim entre as flores, que eu os veja crescer; me agrada pensar que em um futuro muito distante, eles serão a reunião feita em lembrança, do que um dia e fui como também haverá neles um pedacinho de todas as pessoas que amei na vida.
Eu desejo que a idade não leve embora o meu velho e original senso de humor, e que eu aprenda a gostar de outras cores, porque depois de algumas longas primaveras vestir-se de preto não será mais símbolo de rebeldia, mas sim de viuvez.
Eu desejo aprender sempre, seja a dar um nó na ponta da linha, seja as teorias filosóficas sobre o mundo das idéias de Platão.
Eu desejo não que meu coração não endureça com o tempo, e que não importa o que acontecer, eu jamais me acostume com a dor, com o sofrimento.
Eu desejo viver uma vida simples, a única exigência é uma casa com varanda, e uma rede onde eu possa descansar ao cair da noite.
Eu desejo envelhecer sentada em uma cadeira de balanço, usando roupas de florzinha e meias coloridas até os joelhos, como as da minha avó, desejo também que os meus netos venham me visitar para que posso os contar histórias, como aquela por exemplo, da menina que “plantou” a escova de dentes no vaso.
Eu desejo que os meus amigos vivam para sempre dentro do meu coração, e que o tempo não nos separe, e que a saudades nos mantenha unidos para sempre, e que eu jamais me esqueça dos momentos felizes que passamos juntos, mas que eles venham a se multiplicar com o passar dos anos.
Eu desejo que a minha mãe um dia pare de se preocupar tanto, que durma mesmo quando esqueço de telefonar, mas ao mesmo tempo, que ela continue me tratando como uma criança, que me cubra no meio da noite, que me de conselhos que me fazem chorar de rir, como andar de bicicleta na calçada e trancar a porta do quarto com chave antes de dormir.
Eu desejo que o meu pai assista menos futebol, e fique menos zangado quando eu “obrigo” a assistir à novela das oito, sob a justificativa que eu nunca assisto.
Eu desejo que o meu irmão e eu, continuemos a achar graça das mesmas coisa como antes, e que os laços que nos prendem não se desfaçam nunca.
Eu desejo que o meu cachorro e o meu gato morram de velhice, e quando chegará a tal da velhice, eu não sei. Para mim, eles ainda têm um ano, e eu não tenho culpa de acreditar, pois eles se comportam como se estivessem acabado de nascer.
Eu desejo nunca deixar de acreditar em Deus, e haja o que houver que sempre Ele esteja dentro do meu coração, e que um dia os meus olhos sejam dignos de contemplar a beleza do seu rosto, que até hoje, só puderam imaginar o seu contorno.
Eu desejo que trabalhar não seja para mim apenas uma forma de subsistência, mas que o trabalho seja um ato de criação, uma obra de arte capaz de transformar tudo o que estiver ao alcance das minhas mãos.
Eu desejo....

Inserida por Moresi