Dra. Alayde Penna: "Dizem que o homem, só o homem,...

"Dizem que o homem, só o homem, imagina, raciocina e pensa. Essa presunção não deixa de ter fundamento. Tomemos, por exemplo, o amor.
Não se registram tragédias passionais no mundo que o homem chama de irracional. Nunca se viu um chipanzé estrangular outro chipanzé por se intrometer entre os dois, uma fêmea amorosa. Brigam os machos, é verdade, mas a intromissão de um no amor do outro só é repelida pelo instinto de posse. Depois, ninguém será capaz de ver um deles esperar o rival numa esquina, para matá-lo a dentadas, já que não tem imaginação de se armar com um revólver, ou uma faca bem afiada, apesar de possuir mãos.
Não se verifica o crime entre animais da mesma espécie. O que o homem faz com animais, eles fazem com outros, quase sempre em escala zoológica inferior, ou então, por instinto de defesa com o homem, seu inimigo. Mas, nunca entre os da mesma espécie - talvez por solidariedade. Talvez por falta de raciocínio. Mas, sobretudo, por inteligência!
Diz-se mesmo que lobo não come lobo... Por outro lado, a luta pela vida, no círculo das atividades dos irracionais, é sempre mais brutal, não resta dúvida, porém mais honesta e, segundo a razão humana, mais leal, porque é instintiva. Ao passo que no homem é raciocinada..."

Inserida por alt