Brasacoberta: A primeira vez que eu vi um FALO A...

A primeira vez que eu vi um FALO

A primeira vez que vi um FALO
Que não fala, eu também não falei
Fiquei admirando- o atenta
Ele foi surgindo aos poucos
Eu o olhava incrédulo
Parecia um bonequinho
Com sua cabeça redonda
Sem olhos
Mas que sentia
Vibrava
E dava muito prazer
Ainda muda
Mas não cega
Eu agarrei – o desajeitada mente
Sem querer o apertei
Para minha surpresa
Timidamente ele se encolheu
De volta ao seu aconchego
Adormecido...

.

Inserida por MELRISPOEMATA