Eliane Azevedo: E assim, não mais que de repente, ela...

E assim, não mais que de repente, ela descobriu que a felicidade não se curvava às suas auto-sabotagens. Então, ela seria mesmo obrigada a ser feliz!

Inserida por LiAzevedo