Ernesto Martins Faria: Uma menina sorridente sem nenhuma...

Uma menina sorridente sem nenhuma rispidez em seu olhar
Serena, o fundo de teus olhos fazia meu sol brilhar outrora
Seu semblante celeste não sugeria que ia me ... Frase de Ernesto Martins Faria.

Uma menina sorridente sem nenhuma rispidez em seu olhar
Serena, o fundo de teus olhos fazia meu sol brilhar outrora
Seu semblante celeste não sugeria que ia me entrevistar
Saudando-me tão só naquela inesquecível breve hora.

Minha aflição transformou-se numa singela confusão
Estava à prova, mas com estranheza não me sentia inconstante
Um anjo poderia bem ter-me dito que ouvia a voz do coração
A minha inquietude assistia a cada indescritível instante.

Todos são ótimos e a decisão é difícil, alegava sem ser veemente
Situação que pode dar alento, mas ao mesmo tempo desanima
Mas ter te conhecido simplesmente já me faria por contente
E hoje ilustro este sentimento em cada humilde rima.

Termino o meu soneto esperando soltar-te um riso
E o teu mais belo, autêntico e gentil sorriso.



Poema que Ernesto fez para uma boa amiga.

Inserida por ernestofaria