Renato Seabra: Ao aproximar-me de ti sinto como estar...

Ao aproximar-me de ti sinto como estar surfando
Buscando em tuas ondas pelos teus carinhos
nos morros dos contornos do teu corpo
morros de areia, morro se só olhar
Do teu pescoço, acosso a cor do vinho
distraindo-me com teu suspiro
nascente pura, é de onde eu respiro,
tiro força da tua doçura
e bagunça d'água e ar transforma em delírio
Invento brincadeiras e não brinco sozinho
gracejo um desejo de em ti me afogar
e como adivinha, não demoraste a me domar
derrubaste-me da prancha, tiraste-me do caminho
guardaste teu horizonte e abraçaste-me por inteiro
largaste-me aos teus pés, meu destino à beira-mar
graças a tua suaves tive minha vez neste aconchego
teus outeiros, meu sossego, teus ribeiros, meu divagar.

Inserida por renatoseabra