Arthur Bonfanti: "...14 de maio, um garoto...

"...14 de maio, um garoto retardado, sem nada nem nenhum motivo para estar naquele lugar, naquele momento com aquela ridícula touca de natal; mas foi ali que ela apareceu. Seus longos cabelos morenos, seus, brilhantes, olhos castanhos e seu sorriso estonteante o encantaram definitivamente. Estava ele hipnotizado com o espontâneo e inesperado oi que recebera! Mas seu jeito desengonçado o fez ficar o mais constrangido possível. Ela continuava lá, parada, com seu sorriso estático e ele tentando recuperar a voz que a vergonha o havia arrancado..."

Inserida por arthurbonfanti