Dilma Damasceno: Se mais e mais, eu me apego aos costumes...

Se mais e mais, eu me apego
aos costumes do teu ser...
Se me afagas com doçura,
e me fazes reviver...
Eu me derreto em ternura...
E sem reservas, me entrego!
Sinto a alma, leve... pura...
quando em teu mar, eu navego!

Inserida por solitaria543