Monte Farber: Nove de Espadas - Tarô Encantado...

Nove de Espadas - Tarô Encantado
Pesadelo

Dentro da noite, uma figura adormecida jaz aprisionada num horrível mundo de pesadelos que existe no limiar do sono. Nele circulam livremente muitos demônios, mágoas reprimidas e medos infantis.
Pior que a visão deste caos é a sensação de estar presa nas suas garras. As formas ficam alteradas por sombras indefinidas e circulam em outras formas ainda mais temíveis.
É um lugar solitário e afastado de todo tipo de ajuda e consolo. A figura adormecida é atormentada por sombras de dor, sofrimento e depressão, até se transformar em vítima dos seus próprios pensamentos e, qual um mártir, vai se empalando repetidamente nos pontos mais doloridos.
Está de olhos fechados porque não consegue enfrentar aqueles medos acordada. No entanto, o único meio de fugir daqueles pesadelos é abrir os olhos e despertar para o que o está incomodando. Precisa confrontar seja o que for em plena luz do dia, independentemente de se tratar de reputações perdidas, descobertas de falsos amigos, ou pior, ver que os sentimentos mais desagradáveis estão à solta.
Uma alternativa é atormentar-se"

Inserida por dedacalmon