Raphael Santos Araujo: Foi de brincadeira que eu te disse a...

Foi de brincadeira que eu te disse a verdade.


Não quero comprar seus sonhos nem corromper seu juízo.
Não quero te rotular como embalagem descartável ou sensação da moda que pintou na TV.
Não quero perder meu juízo por falta de um sorriso teu e nem vou me sensacionalizar minhas palavras só pra ter um pouco da sua atenção.

Coração não é moeda de troca. Sentimento não é algo que você compra no crediário a perder de vista.
Felicidade não tem caminhos certos, não é em um portão de embarque que você compra uma passagem rumo aos seus sonhos, o Departamento Federal não disponibiliza passaporte para felicidade
È tão fácil dizer eu te amo e amanhã te tratar como um estranho. É tão difícil sentir amor por alguém e achar tão estranho não conseguir falar o que sente.

Amor não é algo que está em promoção na vitrine da loja. Amor não tem descontos nem se parcela no cartão.
O amor é assim, ou você tem ou não tem, e na maioria das vezes você nem precisa que alguém o mereça. Simplesmente você o dá mesmo que você não o receba da outra parte. É algo complicado de sentir é a formula mais perfeita pra se sentir vivo e morto ao mesmo tempo. Por que quando correspondido nos fortalece e quando não, nos mata.

Amor não tem receita de prontuário medico.
Não é remédio que no verso diz o prazo de validade, não há genéricos e nem diz: VIDE A BULA PARA CONTRA INDICAÇÔES ou ESSE MEDICAMENTO É PARA USO EXCLUSO DE ADULTOS.

Amor é mais que isso...
É tão complicado, porem tão simples ao mesmo.
É ganhar o dia só por receber o um sorriso da pessoa amada. É sentir-se nas nuvens ao receber um elogio de quem a gente quer que esteja sempre por perto. É falar o que não deve por pensar que podia magoar. É se sentir culpado e não saber o que fazer pra que tudo volte ao normal, que volte a ser como antes... E você não vai estar nem ai por que quando eu brincando de dizer a verdade disse que te amo. Você nem se quer ao menos acreditou...

11/06/09 (Raphael Santos Araujo)

Inserida por raphael.rsa