Tatiane Moresi: “Assim que eu penso em Deus” Pai...

“Assim que eu penso em Deus”

Pai Omega que existe hoje e que haverá de ser para todo sempre. Tu és todo poderoso se estende as mãos às estruturas da Terra se abalam, as nuvens se derramam, água e fogo brotam feito trovão no céu, o mar se abre, o vento cessa, as estrelas se desprendem. Eis um Deus cuja perfeição do Ser era tanta, que despertou a inveja nos principados celestes e algumas de suas criaturas deslumbradas com o poder que Lhe foi conferido, o quiseram a todo custo e acabaram por se afastar de Deus. Nosso Deus fez o Homem e tudo o que há na Terra porque entendeu que todo Poder que tinha não poderia lhe trazer felicidade, então, creio que foi neste momento (triste, talvez, pela solidão que habitava os céus), resolveu primeiramente criar o AMOR, para que estivesse certo de que tudo o que as suas mãos criassem para Ele seria de alta estima, valioso, insubstituível e que a partir do instante que a vida os desse forma caberia ao mesmo velar para que a sua existência fosse tal perfeita como a Dele era e está sendo. Gosto de pensar que Deus cuida de cada ser vivo que habita no planeta, dês da pequena borboleta a baleia que nada no oceano infinito.
No entanto, mesmo assim tenha entristecido e desejou gerar novas criaturas para que estas pudessem lhe fazer companhia: tenha quase certeza (por que não sou digna de falar por Ele) que quando Deus pensou em Criar Homens a sua imagem e semelhança, o fez pelo desejo de ter um amigo para conversar, para discutir sobre os mais diversificados assuntos, para conversarem sobre as demais criaturas, para que o Homem contempla-se e também amasse tudo o que Ele criou, dês da árvore até os pássaros que nela fazem seu ninho, enfim, Ele foi demasiadamente perfeito, nossos olhos são provas da beleza que há no mundo, da natureza e suas infinitas paisagens, talvez também tenha tirado o Homem da Terra para que este vindo dela pudesse melhor auxiliá-lo no aprimoramento de sua obra.
Por esta razão Deus nós concebeu a inteligência, a criatividade, a capacidade de aprender e de transformar novas realidades, entre tantos outros adjetivos magníficos que foram concedidos a nós seres de carne e osso, que dês do começo dos tempos somos acompanhados pelo Criador em sua evolução.
No entanto, como o citado em um parágrafo anterior, talvez a perfeição e o poder de Deus tenham despertado a cobiça dos que dele estavam próximos, e neste instante, o mal(u) surgiu no Universo e como tal rebelou-se e dês de então dedica-se a atacar a Deus, mas sem sucesso, visto que como criatura nada pode contra aquele que o criou.
Este é um Deus amoroso, e no amor podemos encontrar a sua única fraqueza, foi por amor a nós que desceu no céu, se fez carne e osso no ventre da Virgem Maria, e o mal(u), tenho consciência que cada vez que nós fere, fere também a Deus, nos persegue dia e noite, e assim, o fará até o fim. Foi para nós salvar que caminhou entre nós, que foi morto da cruz e que sofreu uma dor que jamais poderia ter lhe pertencido, mas não veio como Deus, esteve conosco como Homem.
Na realidade acredito que tudo faz parte do plano de Deus, talvez o mal tenha uma razão de ser, porque este é um Deus da Humildade, do amor e da Sabedoria, e, sobretudo Humano, Ele poderia ter criado Seres que o adorassem, que prestassem Homenagens e contemplassem sua obra. No entanto, como todos os seres que amam, quis se sentir amado, e talvez o mal contribua para que o Nosso Criador, aquele que nos tirou fez do pó e que nos possibilitou um universo de alegrias indescritíveis para serem vividas em um cenário sem igual, neste instante, esteja exigindo uma única coisa de nós: o nosso amor, a nossa lembrança, um “bom dia Pai” ao amanhecer, um “boa noite” antes de dormir, um “muito obrigada”, uma admiração pelo o que Ele foi e pelo o que nós ensinou, amar uns aos outros, cuidar assim, velar, para que todos possamos ser felizes e amigos, tal como Ele desejou no começo, que juntos aprimorássemos e contemplássemos os seus feitos.
Hoje , no entanto, os deixamos de lado, e o conhecimento em vez de nos unir a Deus, fez ao contrário nos afastou, esquecemos do amor, e tal como mal hoje somos gananciosos, estamos querendo sempre mais, e paradoxalmente temos menos: menos saúde, menos amigos, menos amor, menos felicidade...
Até a Terra do nosso Criador estamos destruindo, poluindo, desmatando, matando cruelmente os seres que Ele criou, igualmente a nós, dotados de vida, então, pergunto: para que? O que queremos: dinheiro, poder, prestígio? Por que somos tão egoístas, teria o mal nós vencido? Se tivéssemos ouvido e estado dês do principio com o nosso Criador, não teríamos chegado no ponto em que estamos, maldade, violência, fome, entre outras monstruosidades. Criaturas despertem, antes que não reste absolutamente nada....

Inserida por Moresi