Cesar Jihad (Vulto Madhiba): “Gente” Tem gente que acha que é...

“Gente”
Tem gente que acha que é gente mais do que a gente.
É tanta gente que a gente nem sabe dizer quem é realmente gente,
é gente daqui, é gente de lá, é gente fina, é gente grossa, é gente branca, é gente negra, é gente amarela, é gente vermelha, é gente de vida, é gente de morte... é gente que vai, é gente que vem, é gente que tem, é gente que não tem, é gente que pede, é gente que da, é gente que gasta o que não pode gastar, é gente que esbanja porque pode esbanjar, é gente que ri, para não chorar, é gente que é cega, mais poderia olhar, é gente que vive a se conformar, é gente que cobra, mas (só) não da pra cobrar, é gente que vende, se vende, pra depois comprar, esse é o tipo de gente que levanta aqui pra cair acolá, mais ainda tem gente, que faz a gente acreditar na gente, e é gente que nem é mais gente, mas quando foi gente (foi gente) gente que sofreu, gente que lutou, gente que com os pés cravados no chão sonhou, gente que deu a vida pela gente, pra que de alguma forma sermos considerados gente, é gente que foi e não ira mais voltar, é gente que certamente se voltassem não iriam se orgulhar... de saber que tanta gente, se esqueceram unicamente e simplesmente de ser “GENTE”.

Inserida por cesarjihad