Andrê Gazineu: Epígrafe Meu amor verte no mínimo...

Epígrafe

Meu amor verte no mínimo espaço
Em mim, posso te sentir
é impossível não admitir
em cada olhar, em cada passo

Amor como o meu jamais verás
é possível notar - posso garantir!
na ainda vaga felicidade de existir
que a tua existência me traz

Amor,corroa, rasgue,lavre
provoca-me queimadura
queima-me! meu amor aceso

esta enfermidade que não cura
a este amor estou preso
e, ao mesmo tempo, livre

Inserida por marianagpena