Paulo Master: O amor bate à porta! Toc, toc! Quem...

O amor bate à porta!


Toc, toc!
Quem bate à porta?
É você amor?
Pois entre, desculpe a bagunça que se encontra o meu coração, você sabe como é, costumo dizer que quando estamos amando estacionamos em um cruzamento perigoso, mas se estamos se um amor nossa procura torna-se tão intensa que esquecemos de arrumar o nosso próprio coração!
Olha amor, se você veio mais uma vez para me iludir peço que não faça mais isso comigo, acredito que a vida é uma enorme procura pela pessoa certa, uns levam anos para encontrar, outros nunca encontram e se conformam com qualquer coisa, já outros têm sorte e conseguem encontrar seu grande amor logo na primeira tentativa, há aqueles que os perdem por ironia do destino, mas existem outros que os perdem por pura idiotice, portanto seja sincero amor, não aceito mais desilusões.
A vida nada mais é que uma chance que temos para ser-mos felizes e você amor torna-se apenas um aliado para fazer valer cada dia, cada minuto de vida é uma esperança e a cada esquina podemos tropeçar naquela pessoa que nasceu para nós, a partir daí podemos estar cientes que a vida se perpetua na mais completa harmonia, o amor nos faz ter a certeza que tudo está bem, isso se chama amor em ascensão, uma harmonia sentida até na alma.
Portanto se você está me trazendo a verdadeira felicidade seja bem vindo, mas se for apenas aventura amorosa esteja convidado a um cafezinho e volte outro dia com a pessoa certa, a pessoa que nasceu para mim e que venha completar o meu ser, me fazendo realmente feliz e enchendo meus dias de pura felicidade.
O amor é assim mesmo, ele sempre bate à nossa porta, basta apenas que tenhamos discernimento para entender o seu recado, ele não faz por maldade, o amor ama o ser humano e por esse motivo ele tenta de todo jeito encontrar uma forma de completar a nossa vida com um grande amor, pena que nem sempre ele acerta.

Inserida por Paulo-Santana