Nanny Miranda: Comecei inventando flores, um jardim......

Comecei inventando flores, um jardim...
bosques,cores, perfumes...
na verdade eu estava inventando o meu mundo, aquele que eu gostaria de viver....
um mundo fantástico, colorido repleto de alegria,
onde eu pudesse separar a maldade do bem,
o ruim do bom, construiria meu mundo de coisas boas,
das delicias da vida.
Depois de tanto sofrer, acordei abri meus olhos para viver,
comecei a traçar meus caminhos que percorreria,
alguns faceis, outros nem tanto, pois a vida reserva cada detalhe para cada ser,
e as vezes deixamos eles passarem despercebidos,
sem serem notados se vão, e nem sempre voltam.

Sai em busca da minha felicidade, mas nada estava sendo fácil,
e se seria nada teria valor...
em meu caminho encontrei muitos obstáculos,
algumas barreiras perigosas...

mas fui em frente queria correr todos aqueles riscos,
queria viver cada aventura de perto,
pois me atraiam as coisas novas que comecei a experimentar,
fui seguindo em frente..

tudo era novo as vezes pouco real,
me via feliz realizando vários desejos reprezados em meu corpo,
guardados somente na imaginaçao de onde talvez jamais sairia.

embora tudo parecesse perfeito para mim,
mais uma vez me enganará,
eu caí na escuridão da noite,
nas trevas...

havia caido nas emboscadas que a noite reservou para mim
e naquela triste solidão que me encontrava,
avistei uma esperança,
o brilho da lua...

não entendia muito bem por que tudo estava acontecendo,
eu só queria ser feliz..

estava em busca da minha felicidade
que se chamava o meu grande amor,

será que eu já fora feliz e não sabia?
é talvez...

mas nada me aprisionava,
eu tinha que viver,
correr todos os riscos,
os perigos que em meu trajeto encontrasse,
em momentos me sentia fragil,
desistir de tudo,
meus sonhos meu mundo fantastico,
e o mais procurado,
não só por mim mas pela maioria,
"o meu amor" ,
não uma ilusão qualquer,
não uma paixão passageira,
não um desejo que pudesse ser apagado e fim,
estava a procura da minha vida,
daquele amor que imaginamos desde a infância,
aquele amor é sempre,
um amor pra todo dia...

quantas noites as claras,
noites mal dormidas imaginando quando chegaria,
ou se já havia chego,
perguntas formuladas em minha cabeça que ate então
não achara nenhuma das respostas!

Quanta insensatez da minha parte...
será?

comecei a reformular melhor minhas perguntas,
focar melhor os detalhes a minha volta,
em meu mundo!

Como pode encontrei tantas coisas belas,
que eu gostava, as pessoas que se faziam presentes todos os dias,
a beleza de um simples sorriso carinhoso,
era tao simples ser feliz, era principio do meu tão sonhado mundo fantastico...

meu amor estava perto, ja existia,
fiquei perplexa quando para mim ele apareceu,
ou apenas enxerguei aquele tão bendito amor...

tudo era perfeito, quero dizer bom de mais...

a cada dia me encantava mais por aquela alma,
por aquele ser ,comecei a viver aquele amor intensamente,
curtindo-o sem nenhuma barreira, defeitos? todos temos.

Ja era tarde, eu so conseguia ver,
as suas qualidades, a sua beleza...

mas como para tudo existe dois lados,
logo chega a monotonia... ele me deixou?
não! ainda estava em minha vida,
e não tinha nenhuma maneira de expulsa-lo,
"eu não conseguiria",
assim como " eu acreditava q ele num queria libertar-se de mim"
embora existisse muitos porens entre nos,
insistia pois eu sabia que nosso amor era real,
aquele amor que eu tanto buscava eu encontrei nele!

Por muitas vezes me perguntei porque encontrei meu amor naquele amor?
ele era meu, mas não podia simplesmente ser meu,
um dia uma hora teriamos que nos separar, por certas razões do nosso destino,
era o dia que mais temia em minha vida,
mas também me prevaleciam as coisas que nos poderia acontecer,
com ele, mas realmente temia o que poderia vir acontecer comigo...

eu nao estava sendo injusta,
apenas era meu grande medo e dele nao conseguia fugir!!

Algumas vezes eu sofri calada,
uma lagrima sem querer deixei rolar pela minha face,
tantas palavras e frases arrancadas com facilidades de mim por você...

eu que sempre prezei a liberdade me aprisionei em um amor que aconteceu,
em uma louca paixao, em um descontrolado prazer,
se tornara uma necessidade para meu viver,
meus desejos todos ja eram seus,
e como se naum bastasse todos satisfeitos,
com brilho nos olhos, e um lindo sorriso nos labios,
mas que era extremamente proibido,
nao por mim, nem por ele...

mas por uma mera ironia do destino,
eu sabia da injustiça que eu fazia,
mas nada pude fazer para evitar que acontecesse,
tantas vezes depois de muito refletir chegava certa,
que naquele dia iria tira-lo da minha vida, que era o fim,
mas bastava um simples olhar, um sorriso meigo seu,
para mudar novamente todos os meus pensamentos....

Sempre estive ciente de tudo, mas nunca tive noçao de onde esse amor me levaria,
onde iriamos parar......

aqui perguntas que se fizeram no passado
mas que esta presente em meu dia-a-dia e em meu futuro....

resolvi deixar as perguntas pra traz,
pois para onde iriamos se ja tinhamos ido longe de mais...
como costumo dizer sempre...
nada no mundo nem na vida acontece por um acaso....

Me perdoe por ter encontrado em você a pessoa que sonhei para mim....
me perdoe pelos meus sentimentos...
me perdoe por te amar assim....

Inserida por nannymiranda