ClaudiaBMCosta: No fim de tudo... Não me peça que eu...

No fim de tudo...
Não me peça que eu não compartilhe contigo...
o meu grito de esperança...
não precisa gritar comigo...
eu só quero comungar...
Sou cão sem dono, sou errado, sou vadio...
mas quero os meus lixos catar...
Deixe-me falar das coisas que bendigo...
deixa eu falar do mar que virá...
não precisa falar comigo...
eu sei te respeitar...
Deixa que o silêncio me conduza...
ao esperado encontro comigo...
eu quero muito este lugar...
Silencia comigo...
no fim do tudo...
o amor pode...
triunfar!

Inserida por Claudiabacosta