João Vitor Rocha: "Como uma luz no fim do túnel...

"Como uma luz no fim do túnel você aparece em minha vida
A felicidade é perceptível
Meu tato é infalível
Eu vejo alegria
Até porque cego de paixão eu não estava
Sinto seu cheiro
Não levaram o meu nariz
Ainda bem, pois sem ele não sentiria seu doce perfume
Minhas mãos estão no lugar, e também os dedos
Que bom, ainda escrevo
Uns dias atrás eu sonhei
Imagina se tivessem levado minha alma
Não sei como seria
Não seria"

Inserida por JVRDentista