Renato Seabra: Afaz com o silêncio capaz de acabar com...

Afaz com o silêncio
capaz de acabar com guerras
Mas se aperras as pás e serras
soterras às contumácias
segues crente, agraz e as massas
pé na terra, pena é atolaz
atolado de tarefas
não suportas a própria fera
que da tua mente não desterra
dependente desapraz
faminto por vícios, é edaz
desenterra desculpas, é loquaz
de repente, num piscar de olhos
senta-se cansada de ser leva-e-traz
pára com a luta, para ficar em paz.

Inserida por renatoseabra