Linartt Vieira: Cwta Cyfarwydd, de Glamorgan, tinha um...

Cwta Cyfarwydd, de Glamorgan, tinha um filho chamado Howel, que educara com todos os conhecimentos honrosos e com a melhor instrução. Quando Howel se fez adulto, desejou procurar a fortuna pelo mundo. Ao se pôr a caminho, seu pai deu-lhe um conselho:
- Nunca passes por alguém que esteja pregando a palavra de Deus sem te deres para ouvir.

Assim, Howel partiu. Depois de caminhar por muito tempo chegou à beira do mar onde a estrada passava por um trecho longo, plano e liso da praia. Howel, com a ponta de seu bastão, escreveu na areia um velho provérbio:


“Quem deseja mal ao seu próximo contra si mesmo verá volta-se esse mal.”

Quando assim escrevia, um fidalgo poderoso passou por ele, e, lendo aquelas bonitas palavras, viu logo que Howel não era um rústico qualquer; perguntou-lhe então de onde vinha, quem era e para onde ia.

Com toda a delicadeza Howel deu-lhe as respostas a tudo isso, e o fidalgo tomando de admiração, convidou-o a ir morar em sua casa, como seu secretário, a fim de tratar de tudo quanto se referisse a conhecimento e estudos.

Howel concordou, pois o salário oferecido era alto, e foi morar na casa do fidalgo. Todos os demais fidalgos e cavalheiros ficaram estupefatos com sua sensatez e conhecimento, e tal maneira puseram-se a gabá-lo que o patrão se tomou de ciúmes, ao ver Howel ultrapassá-lo tanto em sabedoria, estudos e bom nascimento

A fama de Howel crescia diariamente, e assim crescia a inveja do fidalgo que o empregara. Um dia este queixou-se à esposa de que Howel se mostrara desrespeitoso e causara-lhe grande prejuízo, o que não era verdade. Assim, aconselho-se com ela sobre a possibilidade de se livrar do moço.

A esposa do patrão, amando muito o marido, deliberou resolver para ele o tal caso. Na propriedade estavam uns caieiros, queimando cal, e a senhora, indo ter com eles, deu-lhes grande soma de moedas de ouro com a condição de que atirassem ao forno de cal a primeira pessoa que deles se aproximasse levando uma bilha de hidromel. Os homens prometeram obedecer.

Voltando para casa a esposa contou ao fidalgo o plano que pusera em prática. Encheram uma grande bilha com hidromel e mandaram que Howel fosse levá-la aos caieiros. Howel, tomando a bilha, encaminhou-se para o forno, mas no caminho ouviu a voz de um homem que, em sua casa, lia piedosamente o Evangelho. Entrou na casa e ficou ouvindo durante muito tempo à palavra de Deus segundo o conselho que recebera do pai.

O fidalgo, vendo que havia transcorrido prazo suficiente para a realização do plano estabelecido, foi pessoalmente levar uma bilha de hidromel aos caieiros, a título de recompensa. Quando se aproximou do forno os homens, que não o conheciam, agarram-no e atiraram-no ao fogo que alimentava o forno, e ali ele foi queimado.

Inserida por LINARTT