Raphael Santos Araujo: Reflexão de mim. Talvez esperas-te de...

Reflexão de mim.

Talvez esperas-te de mim uma utopia que era sua, você quis o que nunca pude te dar, esperastes o que eu nunca fui capaz de fazer.
Você nunca enxergou o mundo a sua volta, teu sonho te cegou, quisestes viver um sonho e nem se quer esperou ele se realizar.

Você quis ter tudo antes do tempo e agora olha para trás e vê que perdeu muita coisa por sempre querer estar à frente dele.
Se você vivesse acompanhando o tempo, talvez não tivesse se congelado e teria percebido que é por causa disso que o tempo nunca tem fim e que só o nosso tempo é que se acaba...

Inserida por raphael.rsa