Franthiescoly: Nessa vida de tristeza andei sem rumo,...

Nessa vida de tristeza andei sem rumo,
viajei num barco sem remo,
fui as alturas sem asas,
saltei sem para-quedas,
e alucida em imaginação me perdi,
desorientado me confundi,
uma luz no fim do túnel encontrei,
após lutar me repousei,
quando me acordei me assustei,
uma voz suave me ressoou,
- O destino, tudo pra mim traçou,
A batalha apenas se iniciou.
porém, insuperável eu sou

Inserida por santiak