Renata Saturnino: Esse é meu cantinho solitário... Aqui...

Esse é meu cantinho solitário...
Aqui a sensibilidade manda mais que a razão...
Na mesma proporção, os versos florescem...
Neste canto, as portas estão sempre abertas para a emoção... E no calor da inspiração as palavras vão nascendo...
O sentido, mesmo incompreendido mora nele...
Seja no silêncio da noite, ou no calor do dia,
quem visita meu cantinho é sempre bem vindo...
Aos poetas, o meu respeito. Aos leigos minha saudação...
Quem entra neste espaço, conhece a simplicidade... A sensiblidade não precisa de luxo para fluir...
Aprendi a ter carinho pelo meu cantinho...
Por isso, não despreze ele...
Decorado com poesias, ele tem cor de nostalgia...
A quem diga que isso é coisa de poeta... A descoberta, mesmo discreta, provoca euforia...
Trocando idéias com o "eu", aguardo à chegada da inspiração... O compromisso estabelecido é tornar esse cantinho, cada dia mais especial...
Renata Saturnino

Inserida por RenataSaturnino