Maria Alice Guimarães: Houve um tempo em que minha janela se...

Houve um tempo em que minha janela se abria para um pé de camélias, sempre em flor.As fronteiras do meu mundo eram os morros azulados do outro lado do rio. Um dia sonhei ir até lá para ver que mistérios abrigavam. Andei tanto que meus pés cansaram. Nunca consegui encontrar o caminho de volta. Fiquei vagando perdida.

Inserida por deusadasaguas7