Tânia Mara Camargo: SONHEI COM A SINHÁ! Pur mais que eu...

SONHEI COM A SINHÁ!

Pur mais que eu pense
Que sinta e que se fale
Tem sempri arguma coisa pra dizê

Pur mais que os mundu dê vortas
Rudiando o Sol, vem a danada da lua
Si mi enloquecê

Nas noiti passada
Ocê veio mi vê, sinhá
Nas noiti passada
Sonhei cum ocê, sinhá

Ó Lua luada
Nu céu istampada
Dê licença que queru durmí
É pruquê to torceno pra na madrugada
Ela se arresorve aparecê

Nas noiti passada
Ocê veio mi vê, sinhá
Nas noiti passada
Sonhei cum ocê, sinhá

Ó minha sinhá
Que promessas me dá
De quando aqui chegá
Me amá pra valê

Eu vô ti esperá
Mais agora vô se adeitá
E se aprepará
Que ocê vai novamenti aparecê

Nas noiti passada
Ocê veio mi vê, sinhá
Nas noiti passada
Sonhei cum ocê, sinhá

Inté! Sonhandu com ocê todo dia!
Joca, seu poeta caipirinha, babano de amô!
E de sodade!

Inserida por anaferreira