Tânia Mara Camargo: DECRARAÇÃO DI AMÔ (Tânia Mara...

DECRARAÇÃO DI AMÔ
(Tânia Mara Camargo)


JOCA, taum pouco lhi cunheço
I já to aderretida.
Pareçu uma muriçoca
Abestada cum teu briu.

Tô noivando cum ocê
Pela tar de internete,
I já viramo grudi
Qui nem chicreti.

Homi, ce é taum faceru,
Qui nem sei si vô guentá
ti dá um cheru.

Andu ansiosa por dimais,
Ficu falando cum as paredi
I cum os animais.

Tão dizendú aqui qui paixonei
I qui pra esti mar num teim
Cura.
Si ocê num casá mais eu
Vô ficá cum duença di
Locura.
Pensô vaum mi botá num
Hospitá!
Num veju a hora di nóis casá,

Tamém aqui num teim relógiu
I eu num sei vê horáriu.
Num mi insinaru

Mais sei cuando o sol arriba
Dá uma dor nu istomagu,
É hora di jantá,
I cuando é cedu iscuto o galu
Cantá.

Num vô mi decrará por dimais,
Sinão ce vai achá qui num
sô moça pra casá.

Inté!

Inserida por anaferreira